O MPF errou no caso de Adriana

O Ministério Público Federal usou um mandado de segurança para tentar impedir a ida de Adriana Ancelmo para a prisão domiciliar. Não pode. Há ampla jurisprudência sobre o tema.

Aí ficou fácil para a defesa da ex de Cabral.