O negacionismo de Bolsonaro no Código Penal

O negacionismo de Bolsonaro no Código Penal
Reprodução/TV Brasil

“De repente, o país se deu conta de que faltam ao governo brasileiro vacinas, seringas e um plano nacional de vacinação”, diz Josias de Souza.

“A obsessão pela cloroquina tornou-se um atentado contra o artigo 196 da Constituição. Nele, está escrito: ‘A saúde é direito de todos e dever do estado’. O negacionismo de Bolsonaro virou um descaso que empurra a inação do governo para dentro do Código Penal. Até ontem, o brasileiro morria de Covid. Amanhã, passará a morrer de falta de vacinas.”

Leia mais: Crusoé traz os bastidores da disputa de João Doria e Luciano Huck para a eleição de 2022
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO