ACESSE

O Novo e a distância de Bolsonaro

Telegram

O Globo diz que o partido Novo “busca opções para evitar ser confundido como linha auxiliar do governo de Jair Bolsonaro”.

A explicação é de que “a um ano da disputa pelas prefeituras, o Novo considera que é necessário manter uma certa distância para que sua agenda não se confunda com a do PSL”.

Quando a política pode aprender com o esporte; leia artigo de Ana Paula Henkel. Leia aqui

Comentários

  • Teresa -

    Prudente. O Novo não é liberal mas não é armamentista, não tem ligação com igrejas, não é abertamente contra o aborto, é um partido que dialoga, e que articula muito mais que posta nas redes.

  • RENATO -

    Faz bem, Bolsonaro e os seus são tóxicos, eles se encerram cada vez mais em sua bolha e tragam com eles quem estiver junto. O MBL felizmente já rompeu com os malucos, o Novo deve fazer o mesmo.

  • Eduardo -

    Estão corretíssimos. As pautas foram no máximo semelhantes em alguns pontos. Bolsonaro é liberal só da boca pra fora.

Ler 131 comentários