O novo Geraldo "Tamo Junto" Alckmin

Telegram

Um dos maiores problemas de marketing de Geraldo Alckmin, senão o principal, é a imagem de político “frio” e “distante das pessoas”.

É o que reconhece internamente a equipe de comunicação do governador e pré-candidato presidencial, segundo a Folha.

“Em conversas privadas, assessores elaboram estratégias para torná-lo um líder mais próximo do povo, com mensagens acessíveis e sem empolamento. Um auxiliar usou a gíria ‘tamo junto’ para definir a linguagem ideal.”

Em seu site oficial, Alckmin é definido como “uma pessoa de hábitos simples” e diz em vídeo:

“Adoro as pessoas, sinto falta das pessoas, gosto desse contato.”

“O cafezinho é para dar uma relaxada, ouve um pouco, bate um papo.”

“Brinco com o Chiquinho [Pereira], que preside o Sindicado dos Padeiros de SP. Digo: ‘Se disputar com você, sou capaz de ganhar, porque conheço mais padarias que você.'”

É muito jogo de cintura, viu?

Comentários

  • Marga -

    Ele é simples, bem humorado, e se dá bem com o povo. Qdo interessa a mídia diz q ele é como um político do interior, simplório, como se fosse o farmacêutico duma pequena cidade. Na maior parte do tempo porém , dizem q é distante e fala empolado . Complicado.

  • Apolônio -

    Além de frio, ele é extremamente frouxo e covarde. Graças ao Chuchu o PCC nasceu e se tornou a força que é hoje. Chuchu só sabe ser valente quando trata com subordinados. Destruiu o fisco e a polícia paulista.

  • Chico -

    A razão é simples: Alckmin é médico anestesista. Quando ele atua, ninguém sente nada. Da mesma forma que Palocci: médico sanitarista, só entende de merd@... Médico na política atua de acordo com a sua especialidade médica... Qual a especialidade que vai resolver os problemas do Brasil? Sugestões abertas.

Ler 22 comentários