O novo lar de Sérgio Cabral

Sérgio Cabral chegou às 10h a seu novo lar: a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, no Rio de Janeiro.

O ex-governador foi transferido do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio, para o presídio onde ficava o antigo Batalhão Especial Prisional (BEP).

Entre os detidos, segundo o G1, “há casos de não pagamento de pensão alimentícia, além de outros presos da Lava Jato, que também foram transferidos neste domingo. A nova ala é destinada a presos de nível superior, com 146 presos”.

Eis o novo padrão de vida de Cabral:

“As celas têm capacidade para seis presos, em 16m². Elas têm três beliches, um banheiro com vaso sanitário, pia e um chuveiro com água fria. Cada detento tem direito a uma tomada e pode levar um ventilador. Também tem lugar para instalação de uma TV de 14 polegadas. No entanto, na entrada do presídio não há detector de metais e nem bloqueadores de celulares.”

O Antagonista acha que há facilidades demais.