O novo líder da oposição

Renan Calheiros, a instantes de a reforma trabalhista ser votada na CCJ do Senado, disse que o projeto fará com que os trabalhadores ganhem menos e morram mais.

“Senado não poderá se eximir de responsabilidade”, afirmou o ex-líder do PMDB.

Faça o primeiro comentário