O novo líder no Senado: a espuma continua

O Antagonista ouviu hoje vários senadores sobre quem assumirá o lugar de Aloysio Nunes na liderança do governo no Senado.

O DEM colocou Agripino Maia à disposição, mas Michel Temer não quer ainda mais proximidade com o partido — assessores do Planalto avaliam que basta Rodrigo Maia no comando da Câmara.

O PMDB, sempre insaciável, está alucinado pela vaga.

Por fim, o PSDB, embora negue, trabalha para não perder a função: líder do governo tem livre trânsito com o presidente, liga quando quer e desfila pelos palácios sem precisar da benção de secretárias ou seguranças.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200