O ‘oba, oba’ da Mangueira

O carnaval da Mangueira em 2014 – período em que o mensalão do presidente da escola, Chiquinho da Mangueira, ficou mais “concentrado” – foi mesmo um “oba, oba”.

O Antagonista resgata um trecho do samba-enredo “A festança brasileira cai no samba da Mangueira”:

“Oba, oba, eu quero ver quem vai
Cair na folia, sambar com a Mangueira
É bom se segurar, levanta poeira
É verde e rosa a festança brasileira

Vem ouvir a voz do povo a cantar
Ao longe todo mundo me conhece
O meu samba é uma prece
Desço o morro pra mostrar
A festa Mangueira começou
Conta a história que Cabral
Chegou de Portugal e o índio então dançou (…)”.

O Cabral da letra é o Pedro Álvares, mas era do operador do Sérgio que vinha o mensalão de Chiquinho da Mangueira, presidente desde maio de 2013 da escola, que acabou em oitavo lugar no carnaval de 2014.

Mensalão de Chiquinho da Mangueira aumentou no carnaval

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 7 comentários
  1. Jornalistas em geral e a TV empurram goela abaixo dos telespectadores tudo quanto é lixo, inclusive a festa originalmente sadia e popular, agora midiática e alimentada a $ público e contravenção.

  2. Samba é coisa de malandros! Basta analisar as letras! Traição, malandragem porca, safadeza, álcool, drogas, corrupção, favela, miséria e pobreza reverenciadas… Brasil nunca vai pra frente!

  3. Dança Chiquinho e seu sequito pq qd ele começou a vida legislativa ” era” para ajudar o atletismo e ao fim e ao cabo nos roubaram ate a pista.Entao sentados na beira da estrada iniciante ou sen