O ‘obrigado’ de Ciro Nogueira

No mês passado, na Segunda Turma do STF, Dias Toffoli votou pelo arquivamento de denúncia contra o presidente do PP, Ciro Nogueira, acusado pela PGR de corrupção passiva e lavagem de dinheiro com base na delação de Ricardo Pessoa, da UTC.

Hoje, o senador do Piauí largou sua campanha à reeleição e está em Brasília para beijar a mão do ministro, que assume o comando da corte.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 17 comentários
  1. Hehe! É a ORCRIM reunida na posse do filhote do PT. Do bispo ao banqueiro, além de uma pitada de políticos da ORCRIM. Afinal, bispos também roubam e até compram fazendas. Tudo em casa..da mãe Jo