Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O pacotão da impunidade de Lira

A agenda da Câmara dos Deputados contra o combate à corrupção voltou com força
O pacotão da impunidade de Lira
Foto: Adriano Machado/Crusoé

“A agenda da Câmara dos Deputados contra o combate à corrupção voltou com força. Além de aprovar o afrouxamento da Lei de Improbidade Administrativa, com votos de partidos governistas e de oposição, Arthur Lira fez outros movimentos nesta semana”, diz a Crusoé.

Um deles foi incluir na pauta do plenário um projeto para impedir que políticos condenados por atos dolosos de improbidade e punidos apenas com multa sejam considerados fichas-sujas e, assim, fiquem impedidos de disputar eleições.

“Também está acelerada a tramitação da proposta de emenda constitucional que modifica a composição do CNMP, o Conselho Nacional do Ministério Público – uma iniciativa destinada a deixar promotores e procuradores mais expostos ao risco de punições porque a ideia é ampliar o número de conselheiros indicados por políticos.”

Leia a nota completa na Crusoé, assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO