O pajem

A Folha de S. Paulo confirmou o que dissemos sobre o pajem de Dilma Rousseff:

“A presidente da República perderá um de seus mais longevos assessores. Anderson Dorneles, há 19 anos atuando como uma espécie de sobra de Dilma, pediu em outubro para deixar o governo”.

Alguma menção ao fato de que ele é sócio oculto do RedBar, no estádio do Beira-Rio, cedido pela Andrade Gutierrez?

Não, nenhuma menção.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200