​O partido da milícia

O Globo revela que as milícias do Rio impuseram o pagamento de uma “taxa” aos candidatos que querem fazer campanha nas áreas dominadas pelos grupos criminosos.

Os preços variam de 15.000 a 120.000 reais, mas na reta final do período eleitoral é possível conseguir desconto de até 50%.

O Brasil deu errado.