O partido do MBL

O MBL se prepara para virar partido.

Kim Kataguiri disse para a Folha de S. Paulo que o plano é adotar “uma legenda que já exista, mas que tenha morrido por causa da cláusula de barreira”. 

O futuro do Brasil: venha discutir com DIOGO MAINARDI, MARIO SABINO, CLAUDIO DANTAS e convidados. AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 69 comentários
    1. Está mais para de olho de algum cargo a presidência. Se o partido está fora da barreira. Então, o partido não terá fundo partidário.

  1. Tem que ler a matéria a toda. Ele não quer fundar um partido novo, mas encorpar algum morrendo. Pode existir um monte de partidos no país, mas que defendam privatizações e livre mercado são muit

  2. Eu gostaria na verdade é que fosse reduzido o número de partidos e não que se criassem mais. Quem quer montar um novo partido, deve é participar de algum que já existe. Tomara que acabem com a ma

  3. Essa turma do MBL me faz lembrar Lindenberg Farias e os caras pintadas da era color o impeachment seja de quem for sempre trás esse tipo de vírus que só nos ataca depois de um tempo Oremos….

    1. Concordo, eles planejaram tudo isso desde o começo, na fundação do movimento e muita gente acreditou… Devo dizer que no começo até eu acreditei

  4. EEE… dor de “cutuvelo” é phoda…. Depois que o japa tá lá… trabalhou pra caramba…aí é oportunista…. teve qse 500 mil votos… mas é deslumbrado… ah tá… reconheçam o valor do car

  5. Nada como uma solução digna do capitalismo: Usar uma “shell company” (partido que é uma casca, mas tem registro válido) para lançar um novo partido. É muito usado nas bolsas USA, Canada e UK.

  6. Candidatura avulsa seria uma alternativa para impedir a criação de partidos de aluguel. O pacto de São Jose de Costa Rica, da esta garantia para concorrer ao pleito eleitoral não precisa ser filia

    1. Leonardo, eu também não confio muito, vamos ver como vai ser, como todos estão dizendo, só resta aguardar, meu medo é deles serem um PSDB teen.

    2. Também tenho minhas reservas com esse “japa”. O tal de “Mamãe Falei” é outro que não me inspira confiança.

    1. Bem lembrado, o canastrão Paraibano começou assim, mesmo que tenha sido à frente do movimento estudantil. Mas o processo está sendo o mesmo.

  7. Só o tempo pode mostrar quem é o MBL, a ideia inicial tem sido ótima, um movimento de direita sem ideologia de gênero, começou bem, mas vamos ver se eles vão se manter com os mesmos ideais.

    1. Caros comentarias (2): Fundar um partido do zero é muitíssimo mais difícil e demorado que assumir o controle de uma agremiação prestes a se extinguir. Depois é só mudar o nome.

    2. Caros comentaristas: o MBL já elegeu vereadores (Holyday p.ex., em quem votei) e vem mostrando competência e economia de recursos públicos. Aliás esse movimento é contra o fundo partidário.

    3. Esse é o sistema Político brasileiro… Precisa de reforma? E muita! Contudo, dadas as circunstâncias o caminho era esse. O DEM também se beneficiou da popularidade do MBL (Quociente eleitoral)

    4. Yan nao sou eleitor de partido nenhum. Mas nao acho legal uma meia duzia d caras que mal se elegeram e ja falam como velhor politicos querendo criar legenda pra ganahr fundo eleitoral, acorda

    5. Ninguém além de você é fiel ao DEM, no caso eles ganham eleitores pq a princípio (ou por princípio) eu não voto no DEM.