O périplo da filha de Sarney

Se vai até o fim da disputa, não se sabe, mas Roseana Sarney continua rodando o interior do Maranhão. Ela se apresenta como candidata ao governo do estado pela quinta vez.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Essa é outra que renunciou ao governo do Maranhão e que chegou a ser investigada pela antecipação do pagamento de precatórios. Não sabemos no que deu, deve ter sido abafado, já que ela não goza da excrescência chamado fórum privilegiado

Ler mais 11 comentários
  1. Essa é outra que renunciou ao governo do Maranhão e que chegou a ser investigada pela antecipação do pagamento de precatórios. Não sabemos no que deu, deve ter sido abafado, já que ela não goza da excrescência chamado fórum privilegiado

  2. SERÁ QUE SOBROU ALGUMA COISA DE PÉ NO MARANHÃO PARA QUE ELA POSSA TERMINAR DE DERRUBAR??? SERÁ QUE SOBROU ALGUM CENTAVO PARA ELA TERMINAR DE ROUBAR??? SERÁ QUE TEM DÓLARES PARA O MARIDO DELA ROUBAR??? QUE ELA SE ELEGE EU NÃO TENHO DÚVIDAS. O POVO DO ESTADO DO MARANHÃO É UMA PEQUENA AMOSTRA DO POVO DO BRASIL. ANALFABETOS E SEM O MÍNIMO CONHECIMENTO DO QUE ACONTECE NO QUINTAL DE CASA, QUIÇÁ NO PAIS.

  3. Nem dá p culpar a população pq as opções são tenebrosas. Marenhense tem d escolher entre o diabo e o capeta. Assim não dá. Bem q o Partido Novo poderia lançar candidato no Maranhão p acabar com a escravização dos Maranhenses.

  4. Essa CRIMINOSA , representante da PIOR corja de Bandidos escroques Deletérios do Brasil NÃO pode dar sequência no GENOCÍDIO VIOLENTO que sua famiglia SARNEY executou no Maranhão e no Brasil.
    VAMOS POVO SOFRIDO DO MARAVILHOSO E DESPERDIÇADO ESTADO DO MARANHÃO. Se levante contra essa GANGUE.

  5. .
    Essa merd@ desta copa, começa no meio da semana, justamente para idiotizar a população. Já não basta jogos fora do padrão no país, na segunda-feira, na terça, fora de hora às 11 da manhã, agora os torcedores idiotizados serão obrigados a parar de trabalhar, se juntar numa sala, assistir aos jogos da seleção, berrar feito crianças, tocando vuvuzelas e depois voltar para trabalhar feito idiotas felizes.
    .
    Tudo muito pensado!
    .