ACESSE

O petismo charlatão

Telegram

Jair Bolsonaro massacra Fernando Haddad entre os evangélicos: 66% a 24%.

O poste imputou seu fracasso eleitoral ao “fundamentalismo charlatão” de Edir Macedo. É preciso lembrar, porém, que além de ter apoiado Lula e Dilma Rousseff, o dono da Universal apoiou também Geraldo Alckmin no primeiro turno – e o tucano acabou com 4% dos votos.

Renan Calheiros: você tem 1 semana para conhecer o estratégia dele para retomar o poder em Brasília. Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 52 comentários