ACESSE

O petista que morde

Telegram

Uma confusão generalizada entre deputados estaduais, com empurrões e mordida no plenário, marcou a sessão de votação da reforma da Previdência na noite desta quarta-feira, na Assembleia Legislativa de São Paulo, diz a Crusoé.

Após chamar sindicalistas e petistas de “bando de vagabundos” durante discurso na sessão, o deputado Arthur do Val, sem partido, foi interrompido por parlamentares petistas que subiram na tribuna para tentar agredi-lo.

Assista aqui ao episódio.

A insurreição contra a tentativa no STF de parar a Lava Jato. Mais aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 91 comentários