O petrolão da imprensa

A Época disse que, “para tentar aumentar sua popularidade, Temer pretende investir em propaganda.

Em maio, ao chegar ao Planalto, descobriu que Dilma gastara 85% do valor separado para todo o ano. Em 2017, Temer terá dinheiro em caixa para a despesa”.

Gastos em propaganda não vão aumentar a popularidade de Michel Temer junto à sociedade.

Mas ele vai se tornar muito popular na imprensa.

Aquela imprensa que, de um dia para o outro, muda o tom de seus editoriais, passando a defender a estabilidade do governo e a atacar a Lava Jato.

Faça o primeiro comentário