ACESSE

“O pior passou, mas a tragédia não”

Telegram

Em sua entrevista ao Globo, o infectologista Júlio Croda afirmou acreditar que o Brasil já atravessou o pior momento da pandemia.

“No Rio de Janeiro, por exemplo, não deve haver uma segunda onda maior do que a primeira na capital. Mas a pandemia não acabou de forma alguma. O número de casos vai aumentar, isso é esperado. Porém, não teremos o caos. Exceções podem ser municípios do interior”, disse.

“O pior passou, mas a tragédia não. Se levarmos em conta que a letalidade real da Covid-19 é de 0,5%, teríamos 200 mil mortos no Brasil. Como a doença avança depressa no Sul, até o fim de agosto poderemos ver mais cerca de 20 mil a 30 mil pessoas morrerem. Em setembro, com o fim da estação de vírus respiratórios, a pandemia deve reduzir.”

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 82 comentários