ACESSE

O piso e o teto de Bolsonaro

Telegram

Jair Bolsonaro “mantém estabilizados os seus índices de popularidade: não cai abaixo de 20, não sobe muito além dos 30”, diz Rosângela Bittar.

“São piso e teto, que não consegue dilatar, e transformam seu governo em campanha eleitoral permanente (…).

O plano reeleitoral de Bolsonaro assenta-se em três pilares: sua ação pessoal, a ação dos ministros e, agora, a contratação do Centrão.

Com a ajuda emergencial de R$ 600 presa à lapela, confundindo-se com a magnanimidade da iniciativa, Bolsonaro espera que o eleitorado esqueça a má figura que fez e insiste em fazer com relação à pandemia”.

Leia mais: A 'paz conveniente' reina em Brasília

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 65 comentários