O plano de matar agentes públicos para pressionar STF a liberar visitas íntimas

A Polícia Federal cumpre desde cedo três mandados de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão em Porto Velho nas operações Pé de Borracha e Morada do Sol, informa o G1.

Três desses mandados são cumpridos dentro de uma penitenciária.

De acordo com a PF:

– os envolvidos, ligados ao PCC, estariam planejando ataques em seis cidades do Brasil, incluindo a sede do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), em Brasília;

– eles buscavam desestabilizar o Sistema Penitenciário Nacional com a ameaça do uso de explosivos, para terem reivindicações atendidas;

– planejavam o sequestro, tortura e assassinato de agentes públicos para pressionar o governo federal e o STF a permitirem as visitas íntimas, que foram suspensas nas penitenciárias federais em julho de 2017;

– trocam bilhetes através de ‘terezas’, cordas criadas com fios de roupas, e os deixam com subordinados, que os repassam para suas companheiras ou irmãs, durante visita íntimas.

“As mulheres ficam responsáveis por digitalizar e mandar os bilhetes para integrantes de outra facção.”

Corruptos e demais criminosos fazem o diabo para continuar mandando no Brasil da cadeia.

Tem candidato trocando de fantasia no 2º turno. Veja AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 45 comentários
    1. O Antagonista, hoje: “Os presos votam em Haddad”. Na Paraíba, a vitória do petista foi plebiscitária entre os presos provisórios. 65,6% dos votos totais nas cadeias do estado nordestino.

  1. Bolsonaro tera dificuldades de votar mudanças profundas no cod penal com essa bancada de petralhas enorme que o Brasil pôs la de volta, vamso ver como ele vai se sair sem ceder a pressao por cargos

  2. Uma das medidas prioritárias na Segurança é o Estado tomar o comando das prisões sejam estaduais, sejam federais. A esquerdalha vai fazer barulho para impedir isso com algum discurso arrumadinho.

  3. Sequestro, tortura e assassinato para pressionar o governo federal e o STF. Isso daí é terrorismo. Esses caras merecem, no mínimo solitária perpétua, sem comunicação com o resto do mundo pre se

  4. A “Tereza” usada por Lula para mandar mensagens para o mundo exterior atende pelo nome Haddad. Pelo visto, Lula já não quer mais o Haddad e pede a presença de Rosemary Noronha.

  5. Reparem.Desde 2006.Eles sempre dizem q é outro motivo.Mas coincide sempre c conveniencias do partido das trevas.Vai p tv e tira o foco.Andam sempre juntos.Observem datas e o q ocorria na época.

    1. @So Aquilo ali foi uma intervenção politica! Os militares tem que esperar o bandido atirar, não podem efetuar prisões sem a presença de policiais, e o pior, não possuem o excludente de ilicitude

  6. Essas barbaridades podem ser exterminadas ou minimizadas com duas opções – 1) corda reforçada pendurada no cadafalso com o pescoço do bandido 2) paredão, meia dúzia de fuzis – fogo