O PM que sacou R$ 3 milhões da conta de Bumlai

A Lava Jato identificou o policial militar Marcos Sérgio Ferreira como autor dos saques de uma conta de José Carlos Bumlai, que totalizaram R$ 3 milhões.

O MPF pediu busca e apreensão na residência do PM, mas o juiz Sérgio Morou negou e determinou apenas a condução coercitiva para que explique os saques.

Faça o primeiro comentário