O PMDB é de Temer

Renan Calheiros se rendeu.

Alvo de seis inquéritos da Lava Jato, ele resolveu fechar um acordo com Michel Temer.

Diz o Estadão:

“Ficou acertado que na convenção partidária, marcada para março, haverá o lançamento de uma chapa única e o grupo peemedebista ligado a Renan dividirá com aliados de Temer os principais cargos da Executiva da legenda”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200