O pontapé inicial da CPI da Covid

O pontapé inicial da CPI da Covid
Bolsonaro defende o medicamento mais uma vez

“O pontapé inicial para a orientação do uso da hidroxicloroquina no tratamento de pacientes infectados pelo coronavírus, as falhas na compra de equipamentos de proteção individual, respiradores e testes RT-PCR para a detecção da doença e a pressão política do Planalto sobre o Ministério da Saúde: o roteiro das primeiras inquirições da CPI da Covid é extenso, minucioso e repleto de armadilhas”, diz a Crusoé.

O senador Otto Alencar disse para a reportagem:

“Pretendo perguntar se a receita foi feita com o presidente consciente de que, àquela época, estudos mostravam que 85% dos infectados pelo novo coronavírus eram assintomáticos ou apresentavam sintomas leves e moderados da doença. A ideia é saber se o presidente sabia que, receitando hidroxicloroquina, teria ganhos políticos grandes, uma vez que essas pessoas poderiam entender que foram curadas graças a um remédio ineficaz”.

Assine a Crusoé (feliz aniversário!) e leia a matéria completa aqui.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO