O porta-voz da Rio-2016 quer esculhambação

Sobre Ryan Lochte e sua cambada, o porta-voz da Rio-2016 pediu à polícia brasileira para facilitar a vida “dessas crianças porque só se divertiram, cometeram um erro, a vida continua”. Como se falsa comunicação de crime fosse um detalhe sem importância.

É o que os estrangeiros esperam de nós: esculhambação, leniência.

Culpa nossa.