O PORTA-VOZ DO PMDB

Renan Calheiros não está falando sozinho. Seus ataques fazem parte de uma ação articulada com a cúpula do PMDB – e do governo – para “estancar a sangria” provocada pela Lava Jato e operações congêneres.

Sérgio Machado falou, Sérgio Machado avisou.

Faça o primeiro comentário