O poste da imprensa

O poste de Lula é também o poste da imprensa.

A Folha de S. Paulo, em editorial, exalta o “pragmatismo” de Fernando Haddad:

“O presidenciável desautorizou, com clareza inédita, o correligionário Marcio Pochmann, que até então atuava como um porta-voz informal da agenda econômica do partido (…).

Ao escantear o colega, Haddad indicou uma inflexão rumo ao pragmatismo — e até a usualmente execrada proposta previdenciária de Temer teve méritos reconhecidos.”

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. O brilhante economista Alexandre Schwartsman declarou que Marcio Pochmann “tem evidentes dificuldades com os números e as quatro operações”! Ou seja, Pochmann como assessor econômico é uma…..

Ler mais 39 comentários
  1. O brilhante economista Alexandre Schwartsman declarou que Marcio Pochmann “tem evidentes dificuldades com os números e as quatro operações”! Ou seja, Pochmann como assessor econômico é uma…..

  2. Por que a imprensa tenta comprar a corda que tentaria enforcá-la? Jair Bolsonaro é o único que fala dos planos do pt pra fazer o “controle social da mídia”. Traduzindo: censura bolivariana.

  3. Ainda enganam muitos poucos. Não conseguem perceber q as comunicações estão evoluindo rapidamente e entregando as decisões diretamente ao POVO, sem intermediários CORRUPTOS. Choro de rir 😂

  4. Por estas e outras é que, sabiamente, o homem comum percebe o veneno e rejeita as atitudes “politicamente corretas”. É só casca, é moda, é falsidade. Por baixo esconde um idiota doentio, corrom

  5. O kit gay é instrumento precioso para fazer cabeças desde os 5 anos à favor da destruição dos valores ocidentais.TUDO vem dos esquerdopatas da ONU e os daqui aplicam eficientemente. #eLLenão.

  6. Nao sou assinante desse periodico desacreditado, pois informação, credibilidade, dependem única e exclusivamente de quem é o dono da caneta. Nesse particular, as esquerdas ñ me convencem. ###17

  7. A Folha de São Paulo é candidata a ser o jornal Gramma, único jornal existente em Cuba. A FSP quer ser a única a informar, no governo bolivariano do PT. Será a imprensa oficial do comunismo.Ui!