ACESSE

O poste é um poste

Telegram

Rogério Furquim Werneck diz que o eleitorado petista pode se incomodar com a vassalagem de Fernando Haddad:

“O cumprimento do script reservado a Haddad, nos capítulos finais da novela concebida em Curitiba, vem erodindo sua imagem nos segmentos mais esclarecidos do eleitorado petista. Ao mansamente aceitar atuar como bonifrate de Lula, tendo que o consultar, a cada passo, para saber se deve respirar pelo nariz ou pela boca, Haddad não se vem dando ao respeito que se poderia esperar de um candidato a presidente da República. E levantando dúvidas sobre a autonomia que efetivamente teria caso fosse eleito.

Tampouco lhe ajuda a angariar votos de eleitores mais esclarecidos sua cega disposição de subscrever sem qualificações o irresponsável programa econômico do partido, na contramão do que hoje se faz necessário para que o país consiga sair do colossal atoleiro em que foi metido.”

O colunista de O Globo está enganado. O eleitorado petista quer que o poste se comporte como um poste.

Bolsonaro conseguirá 'despetizar' a máquina pública? SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Boris -

    Existe cargo de Presidente da República por procuração, no Brasil? Procuração dada por condenado cumprindo pena na cadeia por corrupção? Qual o amor próprio, honra, dignidade, autonomia do pos

  • Evelina -

    O eleitorado petista ACEITA tudo até bandido condenado.

  • Aurélio -

    COMUNISTA bom é comunista EMPALADO em praça pública pra gente cuspir na carcaça!!!!

Ler 25 comentários