Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"O povo armado jamais será escravo", canta grupo em comício de Bolsonaro

Presidente ergueu arma de brinquedo em evento em Belo Horizonte
“O povo armado jamais será escravo”, canta grupo em comício de Bolsonaro
Reprodução/Planalto/YouTube

O presidente Bolsonaro ergueu uma arma de brinquedo ao lado de uma criança nesta quinta (30), em comício em Belo Horizonte pago com dinheiro público e transmitido ao vivo pela TV Brasil para celebrar os 1000 dias de governo.

Com o gesto de Bolsonaro, aplausos e gritos da plateia interromperam o discurso do ministro Marcos Pontes. “Mito! Mito!”, gritaram os fãs do presidente. E depois: “O povo! Armado! Jamais será escravo!”. Em seguida: “Eu vim de graça!”.

Bolsonaro então se levantou da cadeira e foi ao púlpito, onde estava Marcos Pontes. O presidente disse: “Eu estou com quase 70 anos [ele tem 66]. Quando era moleque, eu brincava com isso, com arma, com flecha, com estilingue. Assim foi criada a minha geração. E crescemos homens, fortes, sadios e respeitadores. Então meu cumprimento aos pais desse garoto”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO