O preço dos comissionados da Infraero

O Antagonista apurou que os 210 comissionados de Antônio Claret, presidente da Infraero, custam à estatal, por mês, em torno de 6 milhões de reais (já com os encargos).

A farra das indicações políticas é grande.

Muitos desses empregados nem sequer dão expediente na empresa. Há quem, em tese, fique à disposição do ministro dos Transportes, Maurício Quintella, do mesmo PR de Claret.

Comentários

  • VAI -

    Considerando todo universo das estatais, autarquias, universidades, ministérios, funcionalismo, fundações (não produzem um prego) e demais cabides de emprego existentes (3 poderes-3 instâncias), somados à malversação, corrupção, descontrole, relaxo, má vontade, e adicionados os demais penduricalhos agregados a todos estes: Qual o tamanho da economia ou desperdício em bilhões/ano? Entendeu Meirelles , Dyogo, Mansueto, Caetano e curriola de plantão de onde vem o rombo ou precisa desenhar. Não queremos e não aceitamos mais carregar nas costas esse peso mastodôntico, ineficiente, corrupto, parasitário do funcionalismo em todas suas instâncias.

  • Alvaro -

    Ferro no Claret!

  • MOACIR -

    ESSAS REGALIAS E MORDOMIAS DOS MALDITOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS E DOS POLÍTICOS AINDA VÃO QUEBRAR O BRASIL.

Ler 32 comentários