O prêmio de consolação do DEM

O senador Agripino Maia e o deputado Mendonça Filho disputam a presidência da Fundação Liberdade e Cidadania.

Igor Gadelha, da Crusoé, conta que o comando desse braço do DEM será um prêmio de consolação para um dos candidatos derrotados.

Leia a íntegra da nota aqui.

Prepare-se para combater esse “velho Brasil”. Saiba mais AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 10 comentários
    1. Mendonça se tivesse apoiado Bolsonaro e se candidatado a governador pelo PSL, hoje seria o governador de Pernambuco. Ele é um político respeitado em PE.