Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O presente lulista para Bolsonaro

A decisão da juíza Pollyana Kelly, que salvou Lula da cadeia pela propina no sítio em Atibaia, salva também a campanha de Bolsonaro
O presente lulista para Bolsonaro
Foto: Twitter/Lula/Ricardo Stuckert

A juíza brasiliense que enterrou o processo do sítio de Atibaia, livrando Lula e seus corruptores confessos, deu um presente para Jair Bolsonaro.

Diz Josias de Souza:

Lula recebeu mais um mimo da Justiça. Escorando-se em decisões do Supremo Tribunal Federal, a juíza Pollyanna Kelly Alves, substituta da 12ª Vara da Justiça Federal em Brasília, rejeitou denúncia reapresentada pelo Ministério Público Federal contra Lula e seus delatores no caso do sítio de Atibaia. a decisão é um presente para Bolsonaro, que fabrica uma crise institucional com o Supremo e se apresenta ao eleitorado como alternativa à volta do PT ao poder em 2022 (…).

A juíza Pollyanna já informou que estão prescritos os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro atribuídos a Lula e corruptores confessos como Emílio Odebrecht e Leo Pinheiro, das construtoras Odebrecht e OAS. Quer dizer: foi à lata de lixo um processo em que a inocência de Lula é uma ficção. As evidências de culpa saltam das páginas do processo como pulgas no dorso de um vira-lata.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO