Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"O presidente pediu, sim, o fim dos bloqueios, mas a bronca dos caminhoneiros é com o STF"

O deputado bolsonarista Bibo Nunes participou de uma reunião sobre o movimento na tarde desta quinta-feira no Palácio do Planalto
“O presidente pediu, sim, o fim dos bloqueios, mas a bronca dos caminhoneiros é com o STF”
Foto: Cedê Silva/O Antagonista

O Antagonista conversou com o deputado Bibo Nunes (PSL), que participou da reunião de há pouco, no Palácio do Planalto, entre alguns representantes de caminhoneiros e Jair Bolsonaro.

Bibo disse que o presidente pediu, sim, o fim dos bloqueios, porque, ainda segundo o parlamentar, entende que “o movimento vai prejudicar a sociedade como um todo”.

“Eu estava na reunião. O presidente pediu, sim, o fim dos bloqueios, o presidente quer o fim dos bloqueios. Agora, os caminhoneiros, é uma decisão deles, não querem parar. Eles [os caminhoneiros] querem levar o bloqueio adiante.”

O deputado acrescentou:

“Os caminhoneiros deixaram claro para o presidente que a bronca deles é com o STF. Disseram que o presidente siga o caminho dele e que não vão parar se o STF não liberar ‘presos políticos’ e respeitar a Constituição.”

Como registramos há pouco, os caminhoneiros querem, por exemplo, se reunir com Rodrigo Pacheco — o presidente do Senado é o responsável por analisar pedidos de impeachment de ministros do Supremo.

Também como já registramos, a PRF informou que conseguiu acabar com 35 pontos de bloqueios de estradas ou rodovias ou concentrações de manifestantes nas últimas 24 horas.

Parece piada, mas os grupos de caminhoneiros bolsonaristas que estão fazendo protestos em pelo menos 14 estradas brasileiras NÃO acreditaram no áudio do próprio Jair Bolsonaro pedindo que eles suspendessem a paralisação.

Mais notícias
TOPO