ACESSE

"O presidente tem o estilo dele e a Câmara não vai fugir das suas responsabilidades"

Telegram

O líder do PSD na Câmara, André de Paula, acredita que, neste segundo semestre, o Congresso continuará tocando sua própria pauta, tentando se descolar de eventuais atritos com o Executivo.

“O presidente [Jair Bolsonaro] tem o estilo dele e a Câmara não vai fugir das suas responsabilidades em razão disso.”

Para o deputado, as prioridades do Parlamento precisarão ser, nesta ordem: concluir a votação da reforma da Previdência, aprovar a reforma a tributária, o pacote anticrime, o novo marco regulatório do saneamento básico e a autonomia do Banco Central.

TOFFOLI: A DECISÃO... E A COINCIDÊNCIA. Saiba mais

Comentários

  • Otavio -

    Nossa, "que coincidência", parecia com a pauta do Executivo... rsss

  • PAULO -

    Palavras sensatas, aguardamos atitudes iguais.

  • Will -

    O executivo é muito esperto. Deixou todo o desgaste da reforma da previdência, onde muitos trabalhadores vão morrer antes de se aposentarem, para suas excelências. Muitos não se reelegerão!

Ler 7 comentários