O problema do STF não é o foro privilegiado

Levantamento da Folha revela que há no STF 84 ações penais contra autoridades com foro privilegiado. Esses casos estão, em média, há sete anos e oito meses sem um desfecho.

Ainda segundo o jornal, 22 (26%) estão em andamento há mais de dez anos. Outros 37 (44%) superam seis anos. Quatro, entre eles três de Raupp, ultrapassam 15 anos sem decisão final.

O problema do STF não é o foro privilegiado, mas o próprio STF.

Faça o primeiro comentário