“O processo está em boas mãos”, diz Gilmar

Apesar de não ter sido escolhido como relator da ação de impugnação do mandato de Dilma Rousseff, o ministro Gilmar Mendes acha que o processo está “em boas mãos”.

“A relatora Maria Thereza já conhece bem a ação. Embora tenha decidido inicialmente por seu arquivamento, agora há novos e fartos elementos para uma nova análise”, disse ao Antagonista.

Para o ministro, o mais importante é que a escolha do relator dá prosseguimento a uma investigação inédita contra a eleição de um presidente da República.

Gilmar é um gentleman.