O propósito da lei

Releia dez vezes este trecho da decisão de Sérgio Moro:

Os investigados Antônio Palocci Filho e Branislav Kontic teriam intermediado o pagamento subreptício de milhões de dólares e de reais para campanhas eleitorais, inclusive para o pagamento de publicitários em conta secreta no exterior, o propósito da lei, de evitar interferência indevida nas eleições e proteger a sua integridade, parece ser mais bem servido com a prisão cautelar do que com a liberdade dos investigados.

Parabéns PF, parabéns MPF, parabéns Sérgio Moro.

Antonio Palocci nunca mais vai sair da cadeia.