O protocolo ético de Haddad

Telegram

Fernando Haddad convidou Jair Bolsonaro a assinar uma “carta de compromisso” estabelecendo um “protocolo ético” para a campanha do segundo turno.

Ele fez isso logo depois de visitar Lula em Curitiba.

Esse deveria ser o primeiro item de qualquer protocolo ético: um candidato a presidente não pode ir à cadeia para receber ordens de um corrupto e lavador de dinheiro.

Comentários

  • Henrique -

    Vejam só um poste sem luz,preposto do lulaladrão foi a curitiba beijar a bunda do capo que mandou ele propor ética ao Bolsonaro ,uma coisa que eles nunca respeitaram.cínicos do caralho.

  • Mário -

    O lula está parado em 2001 quando o Palocci orientou que escrevessem a tal "carta aos brasileiros" para enganar a todos com a promessa de não fazerem as besteiras que estavam no programa de govern

  • Ricardo -

    Ué, estranho... quais foram mesmo os 4 partidos que se recusaram a assinar o pacto contra fake news proposto pelo TSE? O Haddad anda muito distraído... deve ser jet lag das viagens que faz a Curiti

Ler 332 comentários