O provável sucessor de Caboclo na CBF

Castellar Guimarães Neto, um dos oito vice-presidentes da CBF e ex-presidente da Federação Mineira de Futebol, é o mais cotado para o comando da entidade
O provável sucessor de Caboclo na CBF
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Está em curso articulação para levar à Presidência da CBF o vice-presidente Castellar Guimarães Neto, ex-presidente da Federação Mineira de Futebol. Segundo o Globo, Neto é visto como nome de consenso para ocupar o lugar de Rogério Caboclo, afastado após denúncias de assédio moral e sexual.

Por enquanto, o cargo está sendo exercido interinamente por Antônio Carlos Nunes, o vice-presidente mais antigo. Coronel Nunes comandou a Federação Paraense de Futebol por duas décadas.

Apesar de o estatuto ter levado ao cargo máximo do futebol nacional o vice-presidente mais velho da entidade, Antônio Carlos Nunes, o Coronel Nunes, a movimentação já existe para alçar à posição Castellar Guimarães Neto, um dos oito vice-presidentes da CBF e ex-presidente da Federação Mineira de Futebol.

O estatuto da CBF prevê que em caso de vacância do cargo de presidente, seu vice mais velho deve assumir e convocar uma nova eleição dentro do prazo de trinta dias. Dessa eleição só podem participar os vice-presidentes, que votam entre si.

Os candidatos seriam Antônio Aquino (Acre), Ednaldo Rodrigues (Bahia), Castellar Guimarães (Minas Gerais), Fernando Sarney (Maranhão), Francisco Noveletto (Rio Grande do Sul), Marcus Vicente (Espírito Santo) e Gustavo Feijó (Alagoas), além do próprio Nunes.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO