O próximo alvo da ‘despetização’

A Secom, Secretaria de Comunicação da Presidência, será o próximo alvo da “despetização” que o governo Jair Bolsonaro quer promover na administração federal.

Hoje, Carlos Alberto dos Santos Cruz deve fechar com o novo chefe da Secom, Floriano Amorim, uma lista de nomes a serem exonerados.

Leia mais na reportagem de Caio Junqueira em Crusoé:

“Despetização” na Secom

Será que o novo presidente se dobrará à velha política? Entenda aqui

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 39 comentários
  1. é começou o despetralhamento do Brasil, adeus esquerdopatas que ficavam sugando o dinheiro dos impostos dos empresário e trabalhadores, bando comunistas de iphone que adoram somente o dinheiro….

  2. Não sei se sou o único, mas gostaria que houvesse uma “despeemedização” também…esse partido sempre é governo desde de o fim da ditadura, fim ao PT e PMDB . Reforma política JÁ!

  3. Digo +, há representante de representante, com direito a suplente, nos Conselhos. É Herculano, Cláudio Costa, Almeida Melo, João Lopes, etc., não se dá + conta dos CONSELHEIROS DE CRIMES…

  4. Há outras pastas a serem despetizadas, gostem ou não do termo. É necessário tirar esse pessoal da administração pública, pois só servem para receber salário, dado que são incompetentes.

  5. Bom sr. Presidente, SECOM foi extinta em 1980, Decreto 8550, Enqt uns fazem outros usurpam o trabalho, é assim nos últimos 8 anos nos Conselhos. Aí é fácil togado improbo ser bibelô e roubar +..