Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'O PSDB não faz prévias para não ter candidato', diz Eduardo Leite

Um dos tucanos cotados para a disputa de 2022, o governador do Rio Grande do Sul afirmou que o partido deve trabalhar para ter "o melhor nome" da eleição
O PSDB não faz prévias para não ter candidato, diz Eduardo Leite
Foto: Gustavo Mansur/ Palácio Piratini

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, disse ser contra a possibilidade de o PSDB abrir mão de ter um candidato à Presidência da República em 2022.

A hipótese foi reforçada ontem pelo presidente da sigla, Bruno Araújo, que afirmou, em entrevista a O Globo, que os tucanos podem dar preferência a um nome externo que possa fazer frente a Lula e a Jair Bolsonaro.

Em publicação no Twitter nesta terça-feira (20), Eduardo Leite disse que o partido realizará as prévias — das quais ele participará — não só para ter um candidato a presidente, mas para ter o melhor candidato” da disputa do ano que vem.

“O PSDB não faz prévias para não ter candidato; faz para ter o melhor candidato. Não faz prévias para ser o dono da verdade, mas para construir coletivamente, desde o partido, uma alternativa a Lula e Bolsonaro. E assim será depois das prévias também com os demais partidos.”

O governador do Rio Grande do Sul também afirmou que uma candidatura à presidência deve ser projeto para o país, não para atender vaidades”.

“O PSDB em 2022 fará o que é melhor para o Brasil, e não o que é melhor para o partido. Candidatura à presidência deve ser projeto para o país, não para atender vaidades. Mas não tenho dúvida de que o PSDB oferecerá candidatura forte eleitoralmente, construída a partir das prévias.”

Quatro tucanos disputam a chance de concorrer à Presidência. João Doria, Eduardo Leite, Tasso Jereissati e Arthur Virgílio vão se enfrentar nas eleições prévias da legenda, que ocorrem em novembro.

Mais notícias
TOPO