O PT é impressionante

O ministro Herman Benjamin ficou “particularmente impressionado” com o depoimento de Marcelo Odebrecht, segundo o Estadão.

“Primeiro, pelo grau de acesso e de domínio que o empresário contou ter ao topo da cadeia de poder, sugerindo a impressão de apropriação do poder público pelo poder privado.

Segundo, pelo valor de caixa 2 – R$ 180 milhões –, desproporcionalmente gigantesco em relação às doações oficiais. O ministro batizou de caixa 3, ou barriga de aluguel, a doação da Odebrecht para uma outra empresa, o Grupo Petrópolis, da cervejaria Itaipava, fazer o repasse, modalidade que considerou uma novidade no esquema de corrupção”.

O Estadão não disse, mas o topo da cadeia de poder era representado por Lula e Dilma Rousseff.

O Estadão também não disse, mas os 180 milhões de reais em caixa 2 e caixa 3 foram repassados a Dilma Rousseff e ao PT.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200