O PT junta os cacos

Rui Falcão dizia não se importar, mas a verdade é que a notícia da perda de 69 prefeituras acendeu o alerta no PT. Ao UOL, o presidente do partido disseque estão finalmente se preparando para as eleições de 2016. Mas, sem a doação de empresas a campanhas eleitorais, e com o país inteiro de olho na forma como pretendem financiar as campanhas, precisarão improvisar:

“Vamos ter que dar um caráter ainda mais militante às nossas campanhas, e saudamos que elas possam ser realizadas fora do âmbito do financiamento empresarial.”

Se o segredo para o sucesso do PT em 2016 for o apoio popular, há alguma esperança para o futuro do país.

Faça o primeiro comentário