O puxadinho da mansão

O puxadinho da mansão
Mansão de Flávio Bolsonaro em Brasília (Adriano Machado/O Antagonista)

“Namorada do empresário brasiliense Juscelino Sarkis, que vendeu por 6 milhões de reais uma mansão ao senador Flávio Bolsonaro, a juíza de Goiás Cláudia Silvia de Andrade vem trabalhando com afinco para ganhar uma vaga no Conselho Nacional do Ministério Público”, diz a Crusoé.

“Ela foi assessora de João Otávio de Noronha no STJ e, desde junho do ano passado, está cedida ao CNMP a pedido de Dias Toffoli.”

Só para lembrar: João Otávio de Noronha anulou as provas contra Flávio Bolsonaro, e Dias Toffoli suspendeu o uso de relatório do Coaf em inquérito do filho do presidente.

Assine a Crusoé e leia a nota completa aqui.

Leia mais: Guedes e seu ideário foram inteiramente soterrados pelos planos de sobrevivência política do presidente da República e da sua própria reeleição
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO