ACESSE

O QG do esquema de cybermortadelas do PT

Telegram

Como registramos mais cedo, um endereço comum conecta as empresas do deputado Márcio Corrêa Júnior e de seus assessores envolvidos no esquema de cybermortadelas do PT.

Trata-se do edifício Pavarotti, número 669, no bairro Savassi, em Belo Horizonte.

Lá funcionam a Formula Tecnologia e a Follow Análises Estratégicas, em nome de Márcio Corrêa, e ainda BeConnected, Golz e Sharing, todas em nome do assessor Rodrigo Queles Cardoso e outros ex-funcionários do deputado.

O nome do edifício é o mesmo que aparece na Google Play Store, como interlocutor dos aplicativos Follow e O Brasil Feliz de Novo, usados pelos “influenciadores digitais”.

Comentários

  • Patricia -

    Erro material: Miguel e não Márcio.

  • Décio -

    O Brasil vai virar uma Venezuela se o Fernando Haddad ganhar a eleição. Imagine esse povo com a chave do cofre na mão. Irão comprar o Twitter inteiro.

  • Arqueiro -

    Elogios ao Antagonista por nos trazer essas mazelas que outros veículo querem esconder. As crianças em frente a residencia de Carmen só o Antagonista divulgou. Silêncio na mídia comunista!

Ler 79 comentários