Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O que é uma nação

Em sua coluna na Crusoé, Mario Sabino lembra que a Sorbonne, que recentemente recebeu Dilma Rousseff, já foi uma instituição venerável de Paris que só abria as suas portas para gente de respeito. Uma das conferências mais célebres lá realizadas, intitulada “O que é uma nação?”, teve como protagonista Ernest Renan, em 11 de março de 1882.

“A existência de uma nação é um plebiscito diário, assim como a do indivíduo é uma afirmação perpétua da vida”, diz o escritor, filósofo e historiador, hoje quase completamente esquecido.

Leia um trecho da coluna de Mario Sabino:

“É com misto de desapontamento geracional e tristeza pessoal que me dou conta de que o Brasil está longe de fazer esse plebiscito diário. Mas sigamos tentando. Quem sabe um dia consigamos deixar de ser um país em que a burrice tem um passado glorioso e um futuro promissor, como disse Roberto Campos, para nos tornarmos uma nação de verdade. Devemos isso aos nossos filhos, e os nossos filhos aos nossos netos, e assim por diante nos dias e noites do tempo.”

Leia a íntegra da coluna na Crusoé:

O que é uma nação

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO