O que fará o chefão do Conselho de Ética?

João Alberto de Souza, do PMDB do Maranhão e presidente do Conselho de Ética do Senado pela sexta vez consecutiva, ainda não sabe o que fará em 2018.

Aos 82 anos de idade, ele já foi eleito deputado estadual, deputado federal, prefeito, governador, vice-governador e duas vezes senador, cargo que exerce atualmente, mas cujo mandato chegará ao fim no ano que vem.

A vaga do partido ao Senado no estado ficará, ao que tudo indica, com o peemedebista Edison Lobão, de 80 anos, fissurado por um foro privilegiado.

A notícia é de que João Alberto estaria disposto a ser o vice de Roseana Sarney, que deverá voltar à cena política para disputar com o comunista Flávio Dino e tentar seu quinto mandato como chefe do Executivo local.

Há quem diga, porém, que o chefão do Conselho de Ética poderá aposentar-se da vida pública.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 11 comentários
  1. Dá pena do povo do Maranhão, o principal exemplo de curral eleitoral cujo coronel foi até o mais alto grau da república brasileira, conseguiu transferências milionárias para o estado mas o povo nunca viu nenhuma melhoria pois continua sendo um dos estados mais pobres do país. A única coisa que percebem é que a maioria dos estabelecimentos públicos levam o nome do sarney do qual se diz vaso ruim não quebra.

  2. O que um velho senil e porra louca deste ainda quer na política? Ah! Já sei. Se loclupetar mais num estado pobre e miserável onde quem é amigo do rei se dá bem. Esta me.da deveria arrumar um rosário e uma bíblia e ficar preparando para descer aos quinto dos infernos juntamente com sarney, família e lobão ladrão.

  3. Parece piada esta nota. Qualquer dia, o nosso prestimoso e eficiente Legislativo, irá criar o “Auxílio Fralda Geriátrica”. Quando os brasileiros aprenderão a votar? Chego a desanimar e olha q sou otimista 😜

  4. 82 anos e ainda quer continuar na vida pública??? Isto é um disparate !!!!
    Deveria haver um teto de idade para parlamentares, tal como há em outras instituições (STF é uma delas)
    Vovô, está na hora do senhor vestir o pijaminha!!!