O que o Podemos quer para 2022

O que o Podemos quer para 2022
Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O Podemos passou a priorizar a possível candidatura presidencial de Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, que hoje está no PSDB.

A presidente nacional do Podemos, deputada Renata Abreu, tem reforçado aos correligionários o desejo de que a sigla tenha novamente candidatura própria no ano que vem. Em 2018, o candidato foi o senador Alvaro Dias.

A ideia é apresentar a esperada candidatura como uma opção para o chamado “polo democrático”, o grupo que tenta construir uma alternativa à polarização entre Lula e Jair Bolsonaro.

O plano inicial do Podemos — e não é novidade para ninguém — era lançar Sergio Moro ao Planalto, mas até o hoje o ex-juiz e ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública não deixou claro se realmente quer encarar o desafio. Como o tempo está passando, o Podemos começou a flertar para valer com Leite.

Surgiram, nos bastidores, notícias de que o Podemos também poderia convidar Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Luciano Huck (sem partido), mas O Antagonista apurou que a prioridade é mesmo o governador gaúcho.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO