O que os candidatos dizem sobre a Previdência

A reforma da Previdência não poderá mais ser adiada.

O Antagonista pincelou o que os principais presidenciáveis falam sobre o tema nas diretrizes do programa de governo — Geraldo Alckmin (embora defenda a reforma da Previdência) não toca no assunto no documento entregue ao TSE.

Alvaro Dias

“Fomento à poupança e ao mercado de capitais por meio de uma nova previdência social que capitalizará os participantes e que democratizará a posse dos ativos estatais e forte incentivo ao investimento.”

Ciro Gomes

“Implementação de um sistema previdenciário multipilar capitalizado, em que o primeiro pilar, financiado pelo Tesouro, seria dedicado às políticas assistenciais; o segundo pilar corresponderia a um regime previdenciário de repartição com parâmetros ajustados em relação à situação atual; e o terceiro pilar equivaleria a um regime de capitalização em contas individuais. Ademais, seria discutida a introdução de idades mínimas diferenciadas por atividade e gênero.”

Henrique Meirelles

“Para promover o crescimento sustentado, impõe-se uma necessária e inadiável reforma da Previdência Social, visando sobretudo ao combate a distorções e privilégios. A Previdência Social brasileira abocanha hoje 57% de todo o orçamento do Governo Federal. Se persistir a tendência atual, em 20 anos, os gastos com aposentadorias e pensões vão corresponder a 100% do total de receitas do Governo Federal. Ou seja, o sistema é insustentável.”

Jair Bolsonaro

“Há de se considerar aqui a necessidade de distinguir o modelo de previdência tradicional, por repartição, do modelo de capitalização, que se pretende introduzir paulatinamente no país. E reformas serão necessárias tanto para aperfeiçoar o modelo atual como para introduzir um novo modelo. A grande novidade será a introdução de um sistema com contas individuais de capitalização. Novos participantes terão a possibilidade de optar entre os sistemas novo e velho. E aqueles que optarem  pela capitalização merecerão o benefício da redução dos encargos trabalhistas.”

Marina Silva

“Apresentaremos no início de nosso governo uma proposta de reforma da previdência que inclua a definição de idade mínima para aposentadoria, seguindo uma tendência mundial, com prazo de transição que não prejudique quem está prestes a se aposentar; eliminação dos privilégios de beneficiários do Regime Próprio de Previdência Social que ingressaram antes de 2003; e um processo de transição para sistema misto de contribuição e capitalização, a ser implementado com responsabilidade do ponto de vista fiscal.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. 😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄 O BOBALHÃO VEADO PETRALHA DAS CARINHAS, LUCAS SILVA! Ô BURRÃO PETRALHA, EU SEI QUE É VC!!!

Ler mais 30 comentários
  1. 😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄 O BOBALHÃO VEADO PETRALHA DAS CARINHAS, LUCAS SILVA! Ô BURRÃO PETRALHA, EU SEI QUE É VC!!!

  2. 😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄 O BOBALHÃO VEADO PETRALHA DAS CARINHAS, LUCAS SILVA! Ô BURRÃO PETRALHA, EU SEI QUE É VC!!!

  3. Eu quero saber um assunto mais estratégico que resolve tudo isso em um piscar de olhos. E o nióbio, cujo valor das jazidas no Brasil beira aos 400 trilhões de dólares. Se seguirmos o Canadá, que detém

  4. 😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄😄😄 😄😄😄😄 O BOBALHÃO VEADO PETRALHA DAS CARINHAS, LUCAS SILVA! Ô BURRÃO PETRALHA, EU SEI QUE É VC!!!

  5. A Previdência, o PIS, o FGTS deveriam ser administrados como um fundo de pensão qualquer, daria muito lucro, mas BB, CEF, BNDES e outros parasitas lucram com a grana do trabalhador…

  6. Ainda que o presidente queira mudar a previdência (pode ser qualquer um, inclusive o Chuchu, que comprou a maioria no Congresso), não haverá grandes mudanças, pois o Congresso não quer “tirar direitos

  7. Como de hábito, Geraldo Akckmin ficou em cima do muro. E ficará assim em todos os temas polêmicos. No fundo, pretende manter o sistema o que já existe. Nada de novo no front.

  8. O modelo do Paulo Guedes é interessante, mas como tudo nesta terra, obviamente não pode ficar na mão de ORCRIM. Tem que seguir o primeiro mundo aí também. Com ORCRIM = Sem futuro.

  9. Primeiro Marina fala em não prejudicar quem está próximo da aposentadoria, o que é correto. Mas, depois, fala em rever benefícios dos que entraram antes de 2003. Isso é ilegal. Contraditória!!!

  10. Sistema de Capitalização Individual, com depósito em conta pessoal e intransferível, em banco escolhido pelo beneficiário. Assim exinguir-se-ia o famigerado INSS e toda a sua estrutura corrompida.

  11. Já vi que não manjam nada. Só querem meter a mão no nosso bolso. A Previdência Pública é viável e os direitos adquiridos devem ser preservados. O combinado não sai caro…65 anos é muito para nós!!!!

  12. Falam, falam e não dizem nada. Quero saber quem é que vai ter peito para propor a mudança de regras para os servidores públicos. Isso é o que interessa de verdade, pois é o grande ralo da Previdência.

  13. O Antagonista “esquece” que a tentativa fracassada de golpe de Janot, Joesley Batista e outros meliantes – da qual participou – é a causa de reforma da Previdência não ter sido iniciada em 2o17…