O que os candidatos não poderão fazer a partir de amanhã

A Folha de S. Paulo lembra que a partir de amanhã, sábado, agentes públicos terão de cumprir uma série de restrições até o fim da eleição.

O objetivo, diz o TSE, é “evitar o uso e a influência da máquina pública na campanha em benefício de um ou mais candidatos”.

As restrições:

— Os candidatos ficam proibidos de comparecer a inaugurações de obras públicas, bem como de contratar para esses eventos shows artísticos pagos com recursos públicos;

— Fica proibida a propaganda institucional de atos ou serviços dos órgãos públicos;

— Os candidatos não poderão nomear, contratar ou demitir sem justa causa servidores públicos. Até a posse dos eleitos, também não poderão transferi-los ou exonerá-los, salvo em determinadas situações, como em relação aos comissionados e cargos de confiança;

— A lei proíbe a transferência de recursos da União aos estados e municípios, e dos estados aos municípios, com exceção de recurso com cronograma prefixado ou para atender situações de emergência;

— Os agentes públicos ficam proibidos de fazer pronunciamento em cadeia de rádio e televisão fora do horário eleitoral gratuito.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Povo disse:

    QWxndeltIHNhYmUgc2UgaXNzbyB0YW1i6W0gc2lnbmlmaWNhIHF1ZSBvIGJvem9uYXJvIHZhaSB0ZXIgcXVlIHBhcmFyIGRlIGZhemVyIGNhbXBhbmhhIGNvbSBkaW5oZWlybyBlIHBhc3NhZ2VucyBkYSB2ZXJiYSBwYXJsYW1lbnRhcj8gT3Ugc2Vy4SBxdWUgZWxlIHZhaSBwb2RlciBjb250aW51YXIgZmluZ2luZG8gc2VyIGhvbmVzdG8gZW5xdWFudG8gdXNhIGluZGV2aWRhbWVudGUgbyBkaW5oZWlybyBw+mJsaWNvPw==

Ler comentários
  1. Ora disse:

    RGV2ZXJpYW0gY29sb2NhciBxdWUgcG9s7XRpY28gbuNvIHBvZGUgbWVudGlyIGUgbmVtIHByb21ldGVyIG8gcXVlIG7jbyBwb2RlIGN1bXByaXIuIE1hcyBh7SB2YWkgc29icmFyIHRlbXBvIG5vIGhvcmFyaW8gZ3JhdHVpdG8sIHBvaXMgY29tIG9y52FtZW50byBq4SBubyBuZWdhdGl2bywgbuNvIHbjbyBwb2RlciBmYXplciBuYWRhIDotLw==

  2. tico disse:

    TyBUU0UgUE9ERVJJQSBBTlVOQ0lBUiBBIEFET8fDTyBERSBWT1RPIElNUFJFU1NPICBQQVJBIEdBUkFOVElSICAgQSAgIFBPUFVMQcfDTyAgU0VHVVJBTsdBICAgSlVSSURJQ0EgIE5PIFBMRUlUTyBFIEFQVVJBx8NPLk8gUEFMT0NJIEFGSVJNT1UsIEVNIERFTEHHw08gUFJFTUlBREEgUVVFIEEgTElTVEEgySBFTEFCT1JBREEgUEVMQVMgTElERVJBTsdBUyBFIFFVRSBPUyBWT1RPUyBOQURBIERFQ0lERU0uIEEgUEdSLCBET0RHRSwgRVNUwSBDT00gQSBERUxBx8NPIEUgTkFEQSBGQVouQ09NUFJPTUVUSU1FTlRPID8gID8=

  3. Eric disse:

    IlByb2liaWRvcyBkZSBmYXplciBwcm9udW5jaWFtZW50byBlbSBjYWRlaWEiIGtra2tra2tr

  4. A disse:

    RSBuYWRhIHNvYnJlIHByZXNpZGnhcmlvcyBjdW1wcmluZG8gcGVuYSBwb3IgYXRvcyBpbO1jaXRvcyBjb250cmEgbyBCcmFzaWwuLi4=

  5. E disse:

    QWhoaGgNCkVzcXVlY2kgcXVlIG8gVFNFIGFic29sdmUgcG9yIGV4Y2Vzc28gZGUgcHJvdmFzLCBjb21vIGZleiBjb20gVGVtZXItRGlsbWE=

  6. Alberto disse:

    Q0FORElEQVRPUyBDUklNSU5PU09TLCBQUkVTT1MgRSBNRU5USVJPU09TIE7DTyBQT0RFTSBUT01BUiBCQU5ITyBERSBTT0wu

  7. Valdemir disse:

    RXNxdWVjZXJhbSBkZSBwb3IgbmEgY29uc3RpdHVp5+NvIHF1ZSBwcmVzb3MgbuNvIHBvZGUgc2UgcHJvbnVuY2lhciBvdSBkYXIgcGFscGl0ZS4gQ29ycnVwdG9zIG5lbSByZWNlYmVyIHZpc2l0YXMgZGV2ZS4=