O que pede Carlos Marun

Além de pedir o indiciamento de Rodrigo Janot, Eduardo Pelella, Marcelo Miller, Joesley Batista, Wesley Batista e Ricardo Saud, o relator-geral da CPMI da JBS, Carlos Marun, faz as seguintes recomendações:

a) Aos órgãos estaduais e federal do Ministério Público e também às polícias estaduais e federal, conforme as respectivas competências e atribuições, para ciência dos indiciamentos levados a efeito por esta Comissão Temporária e providências pertinentes;

b) O envio, ao Ministério Público Federal, da documentação recepcionada por esta Comissão Parlamentar de Inquérito, que está sob sigilo, para que confira o mesmo tratamento e adote as providências legais cabíveis;

c) O encaminhamento, ao Ministério Público Federal, do conteúdo das reuniões reservadas realizadas por esta Comissão Parlamentar de Inquérito, bem como os documentos apresentados pelos respectivos depoentes, assegurando-se o sigilo eventualmente dispensado, para que apure a presença de indícios de práticas criminosas;

d) Ao Ministério Público Federal para que aprofunde as investigações relativas aos Srs. Marcello Paranhos de Oliveira Miller, Joesley Mendonça Batista e Wesley Mendonça Batista;

e) Ao Ministério Público que atua na persecução penal relativa aos Srs. Willer Tomaz de Souza, Angelo Goulart Villela, Ricardo Saud e Francisco de Assis e Silva para que aprofunde as investigações, bem como para que zele pela celeridade da marcha processual, a fim de evitar a ocorrência de prescrição da pretensão punitiva, bem como da pretensão executória;

f) Ao órgão correicional competente para que avalie, sob o aspecto administrativo- disciplinar, em atendimento ao disposto no art. 130-A da Constituição Federal, a conduta dos procuradores RODRIGO JANOT MONTEIRO DE BARROS e EDUARDO BOTÃO PELELLA;

g) À Polícia Federal para que investigue eventuais visitas de Ricardo Saud a Senadores pleiteando apoio destes a pretendentes a ocupar a vaga de Ministro do Supremo Tribunal Federal durante período de 2014 a 2016; 

h) Ao Presidente da Câmara dos Deputados que paute o Projeto de Lei nº 7.596/2017, do Senado Federal, que define os crimes de abuso de autoridade;

i) Ao Congresso Nacional para que, conjuntamente ou por qualquer uma de suas Casas, constitua nova Comissão Parlamentar de Inquérito visando ao esclarecimento das circunstâncias que envolvem as delações premiadas realizadas no país.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 12 comentários
  1. NUMA DEMOCRACIA NÃO EXISTE “INTOCÁVEIS” !!!
    ==
    TODOS PRESTAM CONTAS À SOCIEDADE !!!
    ==
    o BRAÇO DIREITO do Já?Not! foi COLHIDO EM FRAGLANTE DELITO DE “CONFLITO de INTERESSE”, “INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS”, TRAIÇÃO AO LIVRE CURSO do MINISTÉRIO PÚBLICO, ETC…
    ==
    QUER DIZER ENTÃO QUE, o “sr. Já?Not!” NÃO SABIA O QUÊ SEU BRAÇO DIREITO FAZIA ENQÜANTO ZELAVA PELO O BRAÇO ESQUERDO ?!??!
    PODE ATÉ SER, MAS…INVESTIGUE-SE !!!

  2. Resumindo esse vagabundo do marun recomenda inocentar os piores bandidos , incriminar os melhores bandidos, meter a mordaça em quem investiga e em quem pune e refazer a lei das delações pra que ninguém mais delate.
    Não dou 2h pro reinaldo azevedo meter um post em favor do marun!

  3. Minha nossa, Antagonistas! A urucubaca que os assola está cada vez mais forte e as coisas só pioram para o lado de vocês, hein? Vão investigar, indiciar e punir aquela cambada de pilantras que vocês tanto e tão alegremente apoiaram na maracutaia falhada, exposta e desmoralizada do golpe, certo? Vai ser sensacional ver, ler e ouvir o que vocês dirão e farão para defendê-los. Mal posso aguardar…

  4. Gostei do Marun, esse ao menos não se acadelou para os pilantras da PGR, que arrastaram todos para sarjeta para igualá-los ao PT. Janot tem muitas explicações a dar ao país e os bolivarianos do STF, que sabem posar de sérios e honestos, mas que andavam com a JBS pedindo votos ao senadores, que dizem detestar, devem satisfação ao povo que os paga carissimo.Antes não detestavam, quando precisavam deles.Parabéns Marun.

  5. Carlos Quem ?!?! Espero que ninguém perca seu tempo com esse sujeito, obviamente pago apenas para conturbar e atrasar ainda mais o processo de acabar com a corrupção e impunidade. Nem perco meu tempo.

    1. Eduardo Campos está morto.
      Este aqui faz parte dos idiotas que acreditam em Papai Noel, em Janot e no fim da corrupção. Que imbecil!
      Mamador de Deltans!
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  6. Bem, o destinatário do relatório dessa CPMI-revenge é o MPF. Será que Dodjão vai aceitar indiciar os rapazes? Aguardemos.Quem da composição daquele troço lá tem alguma credibilidade? Marun vinga-se de Janot por Cunha, ou pelo vampirão?